Trump responde à "desequilibrada Omarosa": "Implorou-me que lhe arranjasse um emprego"

C.A.C. 13 de agosto de 2018

Antiga conselheira divulgou uma suposta gravação feita na Situation Room, que devia ser um dos locais mais seguros do mundo, quando foi despedida do cargo pelo chefe de gabinete, John Kelly.

O presidente dos EUA, Donald Trump, não deixou sem resposta as várias acusações que lhe têm sido feitas pela sua antiga conselheira Omarosa Manigault Newman, que se tem desdobrado em várias entrevistas de lançamento do livro "Unhinged" ("Desvairado"), cuja saída está prevista para esta terça-feira. Na obra, a antiga directora do Gabinete de Relações Públicas acusou o líder da Casa Branca de ser um "cão sem trela" quando não está com a mulher, Melania, e apelidou-o de "racista, intolerante e misógino".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais