Trump confirma morte do alegado autor de ataque terrorista a navio de guerra em 2000

Lusa 06 de janeiro de 2019
As mais lidas

Navio de guerra USS Cole foi alvo de um ataque terrorista no Iémen que provocou a morte a 17 militares dos Estados Unidos. Yamal al Badawi terá sido o líder do plano.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, confirmou, este domingo, a morte do terrorista da Al-Qaeda que supostamente planeou o ataque em outubro de 2000 ao navio de guerra norte-americano USS Cole.

USS Cole
USS Cole Yamal al Badawi
USS Cole
USS Cole Yamal al Badawi
USS Cole
USS Cole Yamal al Badawi
USS Cole
USS Cole Yamal al Badawi

"Acabamos de matar o líder desse ataque, Yamal al Badawi. O nosso trabalho contra a Al-Qaeda continuará", escreveu Donald Trump na sua conta da rede social Twitter.




Em outubro de 2000, o navio de guerra USS Cole foi alvo de um ataque terrorista no Iémen que provocou a morte a 17 militares dos Estados Unidos.

Donald Trump adianta que o exército norte-americano "fez justiça aos heróis mortos e feridos no covarde ataque ao USS Cole".

"Nunca vamos parar a nossa luta contra o terrorismo islâmico radical!", sustenta ainda o Presidente dos Estados Unidos.

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais