"Salvem o planeta como salvaram a Notre-Dame", pediu Greta Thunberg

'Salvem o planeta como salvaram a Notre-Dame', pediu Greta Thunberg
Diogo Barreto 18 de abril de 2019

A adolescente que é uma das mais conhecidas ativistas pelo clima solicitou aos deputados do Parlamento Europeu para agirem como se a sua casa estivesse em chamas.

Greta Thunberg começa a ser uma cara cada vez mais conhecida no Parlamento Europeu. Na participação que fez esta terça-feira, 16 de abril, voltou a apresentar-se como tem feito nas últimas semanas: "O meu nome é Greta Thunberg, venho da Suécia e quero que entrem em pânico". Desta vez a mensagem que quis passar foi: é preciso tanta urgência na vontade de salvar o ambiente como aquela demonstrada depois da que foi mostrada no incêndio na catedral de Notre-Dame, em Paris, esta segunda-feira.

"Ontem [segunda-feira], o mundo inteiro assistiu com tristeza e desespero ao fogo que assolou a Notre-Dame, em Paris. Mas a Notre-Dame vai ser reconstruída", disse a jovem que incitou milhões de estudantes a tornarem-se mais civicamente ativos contra as alterações climáticas, em Estrasburgo.  

Greta desejou que os presentes no plenário tivessem uma estrutura tão forte como a catedral parisiense, mas duvida que essa seja a situação. De novo, a jovem alertou para a necessidade de alterar o panorama da emissão de gases poluentes, acrescentando ainda que, a este ritmo, em 2030, o planeta estará "numa posição irreversível, que irá provavelmente levar ao fim da nossa civilização como a conhecemos". 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais