O polícia "herói" do ataque em Trèbes

O polícia 'herói' do ataque em Trèbes
Diogo Barreto 23 de março de 2018

Conseguiu a libertação dos reféns e foi essencial durante a operação que levou ao fim do sequestro. Ficou ferido com gravidade durante o processo.



Está a ser apelidado como "heróico" o gesto de um polícia que se ofereceu para trocar de lugar com uma refém que o atirador estava a usar para se proteger. Desta forma o homem conseguiu entrar no local do crime e foi essencial para facilitar o trabalho do resto das autoridades.

O oficial de 45 anos conseguiu convencer o sequestrador a deixar sair todos os outros reféns, mas acabou por ser baleado. O Presidente francês, Emmanuel Macron informou que o polícia está em estado grave a lutar pela vida.

O polícia infiltrado foi o último a ter saído do supermercado onde Radouane Lakdim manteve várias pessoas reféns, tendo executado três e ferido outras três, entre os quais, o agente. Um dos outros feridos graves é um jovem português que mora naquela localidade, onde está a realizar um estágio. O emigrante português foi transportado para o hospital.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais