Vegano francês julgado por comentário contra talhante morto em Trèbes

Susana Lúcio 29 de março de 2018

Um vegano vai ser julgado por defender o terrorismo depois de dizer no Facebook que não lamentava a morte de uma das vítimas do atentado em Trèbes

As autoridades detiveram um vegano francês que escreveu no Facebook ter "zero de simpatia" pelo funcionário do Supermercado U, em Trèbes, que trabalhava no talho e que foi uma das vítimas do atentado terrorista do passado dia 23 de Março.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais