Deputados pedem retirada de representação da Virgem Maria de exposição

Deputados pedem retirada de representação da Virgem Maria de exposição
Diogo Barreto 21 de fevereiro de 2020

A imagem mostra a virgem Maria meia despida e com um pénis. O autor queria transmitir uma mensagem sobre o vírus da SIDA. Artista foi alvo de ameaças.

Uma imagem da Virgem Maria com um dos lados do peito descoberto e um pénis no meio das pernas causou desconforto entre algumas franjas da sociedade brasileira e este desconforto chegou ao poder, tendo deputados apresentado um pedido para que a imagem seja retirada da exposição no Centro Cultural Hélio Oiticica, no Rio de Janeiro. Outras obras da mesma exposição foram também alvos de pedidos de censura. Os artistas afirmam já ter recebido várias ameaças na Internet

O deputado estadual Paulo Teixeira pediu que a peça que retratava a Virgem Maria e presente na residência artística Lavra fosse retirada. O mesmo pedido já havia sido feito por Márcio Gualberto. Segundo o artista, Órion Lalli, de 25 anos e seropositivo, a imagem faz referência à sua relação com as imagens religiosas e a SIDA. O nome da obra é "Deus acima de tudo, gozando acima de todos". Outras obras alvo de críticas e pedidos de retirada foram a obra "Trabalho Doméstico" e a exposição Cine Desejo.

"O espaço, da Secretaria Municipal de Cultura do Município, dedicado à diversidade da produção artística contemporânea, exibe um absurdo escárnio da fé cristã. Um ultraje aos símbolos religiosos e até mesmo a valores caros ao Presidente da República. Isso é liberdade de expressão? Vou pedir explicações aos responsáveis pelo espaço e à Prefeitura do Rio de Janeiro", afirmou Márcio Gualberto nas redes sociais. Já Paulo Teixeira reforçou que "não se trata de censura", mas lembra que a lei não permite "que se cometa vilipêndio ao sentimento religioso, seja qual for a crença: católico, espírita, evangélico", disse, citado pelo site da Globo.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais