Acordo entre Jeffrey Epstein e acusadora pode absolver príncipe André

Em 2009, Virginia Giuffre concordou não processar nenhum "potencial arguido" ligado a Epstein a troco de 500 mil dólares.

Um tribunal de Nova Iorque tornou público um acordo entre o agente financeiro Jeffrey Epstein e Virginia Giuffre, que afirma ter sido sexualmente abusada pelo príncipe André enquanto vítima do círculo de tráfico sexual operado por Epstein a partir dos anos 2000 e contra quem tem um processo judicial.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais