David Quammen: "Vêm aí outras pandemias e esta não se vai embora nunca mais”

David Quammen: 'Vêm aí outras pandemias e esta não se vai embora nunca mais”
Vanda Marques 13 de março

Começou pela ficção, depois foi jornalista e escreveu para a National Geographic e para o The New York Times. Com 72 anos, o seu trabalho preferido é acompanhar investigadores à procura de vírus.

Já andou à procura de galinhas com influenza, de morcegos com SARS, e do ébola. Foi perseguido por elefantes, dormiu ao relento e entrevistou cientistas e sobreviventes das piores epidemias. Conheceu casos que até surpreendem os cientistas, como o de Sophiana, que perdeu a família para o ébola e nunca ficou doente.

David Quammen, norte-americano, investiga as doenças zoonoses – infeções transmissíveis de animais para humanos. Os seus livros parecem histórias de detetives, mas 100% reais. Em 2012, escreveu Contágio – Uma História dos Vírus que Estão a Mudar o Mundo, em que alertava para a "big one": uma pandemia de um vírus desconhecido que passaria de animais para humanos e seria muito pior do que todas as outras. Ainda não sabia o nome, mas seria a Covid-19. David Quammen está a preparar o novo livro sobre a pandemia e quer partir para Wuhan, na China.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui