31 dos 39 bancos da União Europeia utilizam paraísos fiscais

José Couceiro com Leonor Riso 29 de outubro de 2020

Relatório realizado pela Tranparency International EU revela 29 bancos da UE que registam lucros em locais sem funcionários. Responsável da organização apela a que a União Europeia tome as medidas necessárias.

Desde 2016 que o banco Deutsche Bank não tem colaboradores em Malta, mas tal não impediu que auferisse lucros no valor de 418 milhões de euros nos últimos 5 anos nesta ilha.

 

O mesmo aconteceu com o maior banco da Europa, o HSBC, que registou 1.5 mil milhões de euros de lucro no mesmo período de tempo na Arábia Saudita, não tendo qualquer funcionário no país.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais