Telma Monteiro: “Era razoável como futebolista, mas como judoca descobri o meu talento”

Telma Monteiro: “Era razoável como futebolista, mas como judoca descobri o meu talento”
Carlos Torres 24 de julho

Telma Monteiro descalça e equipada com o quimono com que costuma enfrentar as adversárias a dar toques numa bola, num campo pelado? É verdade, foi isso que aconteceu em Coimbra, num desafio feito pela SÁBADO e que ela aceitou, lembrando os tempos em que jogava futebol. A judoca falou ainda dos maiores sucesso da carreira e das expectativas que tem para estes Jogos Olímpicos.

Em abril, Telma Monteiro, de 35 anos, venceu na final a eslovena Kaja Kajzer e conquistou a sua sexta medalha de ouro em Europeus (na categoria de -57 kg). A judoca, que desde 2004 só tinha falhado um Europeu, e logo em Lisboa (em 2008), desta vez triunfou em casa (Altice Arena), estabelecendo assim um recorde de 15 medalhas na competição (a austríaca Edith Hrovath tem 14, oito de ouro).

Telma Monteiro conquistou também uma medalha de bronze em Jogos Olímpicos (Rio 2016) e cinco medalhas em Campeonatos do Mundo (quatro de prata e uma de bronze).

Curiosamente, antes do judo, que só começou a praticar aos 14 anos, a atleta do Benfica jogou futebol e andou no atletismo. Para recordar esses seus tempos de infância, a SÁBADO desafiou-a para ser fotografada a dar toques no estádio da Luz.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais