Reino Unido: Primeira dose das vacinas da Pfizer e da AstraZeneca reduziram infeções em 65%

Reino Unido: Primeira dose das vacinas da Pfizer e da AstraZeneca reduziram infeções em 65%
SÁBADO 23 de abril
As mais lidas

Dados mostram que só uma dose já começou a ter impacto positivo na redução da propagação do coronavírus.

Uma única dose das vacinas da AstraZeneca e da Pfizer reduzem o risco de infeção pelo novo coronavírus em 65%. Estes resultados mostram ainda que protegem tanto a população mais idosa como a mais jovem.

Vacina AstraZeneca
Vacina AstraZeneca Reuters
Os resultados foram divulgados pela Universidade de Oxford - que criou com a AstraZeneca uma das vacinas aqui analisadas - e o Gabinete Nacional de Estatísticas inglês. Os investigadores analisaram os testes de mais de 350 mil pessoas no Reino Unido entre dezembro e abril e concluíram que 21 dias após a toma da primeira dose (o tempo que demora a criar uma resposta imunitária visível), as novas infeções de covid-19 baixaram 65%.

Isto significa que a vacinação, que começou em dezembro, já está a ter um impacto no número de infeções, bem como na quebra de cadeias de transmissão. Tendo ainda evitado hospitalizações e a sobrecarga dos serviços médicos.

Os dados mostram ainda que as vacinas são mais eficazes contra infeções sintomáticas do que assintomáticas, reduzindo as taxas em 72% e 57%, respetivamente, quando comparado com a população não vacinada.

Os resultados citados pelo The Guardian foram revelados numa pré-publicação à qual se seguirá uma análise à criação de anticorpos por parte das vacinas. Os primeiros resultados nesta matéria apontam para uma maior criação de anticorpos por parte da vacina da Pfizer, mas que decrescem logo, em especial nos mais velhos, para níveis semelhantes aos da vacina Oxford/AstraZeneca.
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais