Imobiliário

Sónia e Vera, duas máquinas a vender casas através do Instagram

Sónia e Vera, duas máquinas a vender casas através do Instagram
Raquel Lito 21 de outubro

As consultoras imobiliárias tiram partido do "look" e do alcance que a rede social lhes dá para fazer marketing sem custos. As casas vendem-se depressa, asseguram.

O sucesso de Sónia Monteiro mede-se pelo número de seguidores, a sua "malta" no Instagram: passa a fasquia dos 30 mil. Em Junho tinha um décimo de pessoas a segui-la, mas com tantos negócios fechados – casas vendidas e angariadas –, uma coisa levou à outra. Ou seja, a rede social funciona, no seu caso, melhor do que os cartões de visita deixados nas caixas de correio, cartazes, ou produtos de merchandising (canetas e cadernos) como tantos colegas fazem para arranjar clientes. Vídeos reels, leia-se curtos até 15 segundos, são os seus conteúdos mais vistos. 

O Instagram permite-lhe fazer marketing diário, sem custos associados. Aquilo a que própria chama de "posicionamento digital", isto porque é agente imobiliária da Remax. Na sua conta, como uma atriz ou outra figura pública, a recém-estrela de 40 anos (e dois de experiência no ramo) vai doseando a parte profissional com a pessoal.

Máquinas a vender casas em fotos


Quem a segue, sabe que acorda cedo (5h30-6h), faz a corrida diária de 8km no Paredão de Cascais, deixa a filha na escola e abre a loja de Alfragide (Remax Latina) por volta das 8h. "O incremento no Instagram começou em junho de 2021, após motivar para a prática de exercício físico. A minha página não é de venda de casas, mas de uma pessoa que gosta de comunicar. Partilho genuinamente a minha vida e gostava que as pessoas entendessem isso. Tenho um percurso digno", diz à SÁBADO

Carro descapotável  

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais