Champ e Major, os cães de Biden que vão para a Casa Branca

Champ e Major, os cães de Biden que vão para a Casa Branca
Diogo Barreto 10 de novembro de 2020

São pastores alemães, estão com a família Biden há dois e doze anos, um deles foi adotado e vão recuperar a tradição de haver um cão presidencial.

É uma tradição centenária na Casa Branca: o presidente dos Estados Unidos leva para aqueles corredores e jardins um animal de estimação, na maioria das vezes, um cão. O ainda presidente Donald Trump escolheu não ter nenhum animal, mas o presidente-eleito Joe Biden já anunciou que vai levar animais de volta para o quintal da Casa Branca: cães Champ e Major. 

Champ e Major são dois pastores alemães. Biden adotou Major em novembro de 2018, na associação Delaware Humane, em Wilmington, segundo a CNN. Já Champ foi comprado pela família Biden em 2008. A mulher do democrata, Jill, fez com que o marido prometesse que, caso Barack Obama fosse eleito e Biden chegasse a vice-presidente, os dois iriam adotar um cão.

Tal como tinha acontecido com Lyndon B. Johnson, 36º presidente dos Estados Unidos, Biden vai ter um cão adotado nos relvados verdejantes da casa presidencial norte-americana. Johnson tinha tido um cão resgatado da rua pela filha e Biden terá um cão resgatado do canil. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais