Autópsia confirma morte de Gabby Petito por estrangulamento

Os resultados finais da autópsia ao corpo de Gabby Petito encontrado a 19 de setembro, no Wyoming confirmaram que a jovem foi assassinada por estrangulamento.

Brent Blue, o médico legista do condado de Teton, anunciou na terça-feira, 12 de outubro, que Gabby Petito foi morta por estrangulamento e confirmou que se tratou de um homicídio.

O especialista acrescentou que Gabby foi morta cerca de três ou quatro semanas antes de o seu corpo ter sido encontrado a 19 de setembro na Floresta Nacional Bridger-Teton no Wyoming. Facto que coincide aproximadamente com a última vez em que a jovem terá falado com a família.

O advogado da família Petito, Richard Stafford, disse, em setembro, que Gabby falou a 24 de agosto, com a mãe via FaceTime (chamada de vídeo) e que trocaram mensagens nos três dias seguintes. A última mensagem escrita foi a 30 de agosto, e dizia "Sem rede no Yosemite".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais