A Última Ceia ao estilo de Diogo Noronha

Inês Mendes Oliveira 28 de março de 2018

Quando o desafio de recriar uma das cenas mais famosas e mundialmente conhecidas da Bíblia bate à porta, a resposta só pode ser uma

Assim, quando abriu a porta à oportunidade, o chef Diogo Noronha disse sim sem hesitar. Na VI edição de A Última Ceia, desafio lançado pelo canal História e chefs portugueses conceituados, Diogo serviu a sua interpretação do que Jesus terá partilhado à mesa com os apóstolos. Apesar de as contas não baterem certo – à mesa estavam mais que 12 pessoas –, todos apreciaram a refeição como se fosse a última. 

Na apresentação desta edição, Carolina Godayol, Directora Geral do The History Channel Ibéria, refere que o mote de inspiração para este menu foi o mar e a suposição de que Jesus e os seus apóstolos eram "homens do mar com uma forma específica de compreender a natureza", adianta. Daí que Diogo Noronha tenha surgido nos primeiros lugares da pesquisa, graças ao seu trabalho no Pesca, onde o peixe é rei e é servido sempre fresco.

O chef dividiu este menu em quatro momentos, num misto de criatividade e sustentabilidade:

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui