Quem é o homem que quer punir Rio?
23 de abrilMargarida Davim

Quem é o homem que quer punir Rio?

Paulo Colaço já foi apoiante de Rui Rio e fez parte do núcleo duro da campanha interna do líder, mas a proposta de sanções para Rio e Adão Silva no caso do referendo à eutanásia fez com que o presidente do PSD o acusasse de ter um "perturbante tique estalinista".

Autárquicas dão guerra no PSD da Lourinhã
31 de marçoMargarida Davim

Autárquicas dão guerra no PSD da Lourinhã

Distrital descartou nome aprovado pela concelhia para as eleições autárquicas. Duarte Pacheco diz que "isto não é uma brincadeira de miúdos" e Mafalda Lourenço convocou uma assembleia de militantes.

PSD: Há um 'assalto ao poder' em Lisboa?
24 de marçoMargarida Davim

PSD: Há um "assalto ao poder" em Lisboa?

No PSD Lisboa a participação de Paulo Ribeiro, João Montenegro e Hugo Carvalho na candidatura de Carlos Moedas é vista como “uma invasão de elementos estratégicos” ao serviço de Rio para “implodir a concelhia e a distrital” antes das próximas diretas. Tese é contrariada pelo líder da distrital e pela campanha de Moedas.

Caso do procurador europeu é 'condenável e lamentável'
20 de janeiroLusa

Caso do procurador europeu é "condenável e lamentável"

"Aquilo que se passou nesse episódio da nomeação do procurador é, de facto, lamentável a todos os títulos. Ainda hoje tenho dificuldade em compreender como é que foi possível esse comportamento. É, de facto, condenável a lamentável."

Rio diz que PSD continuará a votar a favor do estado de emergência
06 de janeiroLusa

Rio diz que PSD continuará a votar a favor do estado de emergência

Presidente do PSD aponta que abstenção ou voto contra o estado de emergência "dava mais jeito" ao partido, mas que o país "precisa da legislação para o Governo poder tomar as medidas de combate à pandemia", que é "o primeiro objetivo do país neste momento".

Marcelo e Rio assinalam juntos os 40 anos da morte de Sá Carneiro
04 de dezembro de 2020Lusa

Marcelo e Rio assinalam juntos os 40 anos da morte de Sá Carneiro

A 4 de dezembro de 1980, Francisco Sá Carneiro, então primeiro-ministro, e Adelino Amaro da Costa, ministro da Defesa, morreram na queda do avião Cessna quando partiram de Lisboa para um comício de campanha no Porto, assim como a tripulação e restante comitiva.

A Newsletter Geral no seu e-mail
Tudo o que precisa de saber todos os dias. Um resumo de notícias, no seu email. (Enviada diariamente)