Taxistas sobre agressão a Uber: "Só assim é que isto se resolve"

Taxistas sobre agressão a Uber: 'Só assim é que isto se resolve'
Alexandre R. Malhado 29 de abril de 2016

um motorista da Uber foi agredido e perseguido por três homens na Praça da Batalha, tendo procurado ajuda num hotel

O primeiro incidente desta marcha lenta registou-se no Porto: um motorista da Uber foi agredido e perseguido na Praça da Batalha, tendo procurado ajuda num hotel que, por sua vez, o encaminharam para um hospital. Alguns taxistas reprovaram o sucedido, outros acreditam que "só assim é que isto se resolve". 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais