Salgado envolvido em desvio de fundos da Petróleos da Venezuela

Salgado envolvido em desvio de fundos da Petróleos da Venezuela
Leonor Riso 07 de maio de 2018

A ES Enterprises alegadamente pagou mais de 100 milhões de euros a mais de 30 sociedades offshore ligadas a responsáveis da PDVSA. Investigação internacional chegou a Portugal.

Ricardo Salgado e um antigo administrador da sucursal do Banco Espírito Santo (BES) na Madeira estão a ser investigados pelo envolvimento do BES e do Grupo Espírito Santo no desvio de 3,5 mil milhões de euros da empresa Petróleos da Venezuela (PDVSA).

A investigação passa pelos Estados Unidos, por Espanha e pela Venezuela e incide em fundos desviados que passaram por contas bancárias do BES Madeira, do BES Luxemburgo, do Banque Privée Espírito Santo (Suíça) e do Espírito Santo Bankers (Dubai), conta o jornal Observador

A Petróleos da Venezuela também perdeu 1,5 mil milhões investidos em papel comercial do GES. A operação aconteceu em 2014, e deu-se depois de Ricardo Salgado ter intervindo junto da administração da empresa venezuelana.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais