Greves na Saúde aumentaram 70% num ano

Greves na Saúde aumentaram 70% num ano
Mariana Branco 07 de maio de 2018

Em 2017, as greves na Saúde traduziram-se em 115.905 dias de ausência ao trabalho. Este ano, os números parecem não descer.

No espaço de um ano, o número de dias de greve na Saúde aumentaram 70%. Segundo dados avançados esta segunda-feira pelo Jornal de Notícias, os profissionais da área pararam sobretudo nos meses de Junho, Julho, Outubro, Novembro e Dezembro.

Em 2017, as greves na Saúde traduziram-se em 115.905 dias de ausência ao trabalho – o que equivale a um aumento de 70% face aos dias de 2016 (68.443).

Este ano, os números parecem não descer. Em Maio, cinco dias de greve estão já previstos para se juntarem aos dois que já ocorreram – os trabalhadores da Saúde fizeram greve na passada semana, esta terça-feira os médicos começam uma paralisação de três dias e no final do mês serão os técnicos de diagnóstico e terapêutica. Já em Março os enfermeiros tinham feito uma greve de dois dias.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais