Rui Pinto denuncia "falência moral das Instituições judiciais"

Rui Pinto denuncia 'falência moral das Instituições judiciais'
Diogo Barreto 24 de julho de 2019

O hacker acusa elementos ligados à investigação do Football Leaks de tentarem "esvaziar o impacto das revelações do Football Leaks".

Rui Pinto denunciou uma tentativa em curso de "branquear a falência moral das Instituições Judiciais", por parte de "certos elementos ligados à investigação" aos crimes de corrupção alegadamente divulgados pelo Football Leaks

Numa publicação feita na rede social Twitter pelo hacker no mesmo dia em que a SÁBADO divulgou que o mesmo é suspeito de ter entrado nos computadores do Tribunal Central de Instrução Criminal,  Rui Pinto começa por relembrar que foi "proibido, pela juiz de instrução, de receber a visita de jornalistas devido a um pretenso perigo de perturbação do inquérito".

O suspeito que se encontra em prisão preventiva afirma que, aproveitando-se desta decisão decretada pela juíza encarregue do caso, Ana Peres, "certos elementos ligados à investigação" se "têm dedicado a esvaziar o impacto das revelações do Football Leaks", ao tentarem classificar Rui Pinto como "um simples criminoso". Para o autor das revelações do Football Leaks, estes elementos têm contribuído para uma "campanha de intoxicação da opinião pública, construída com base em violações selectivas do Segredo de Justiça, misturadas com calúnica e difamação".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais