PJ deteve homem suspeito do crime de abuso sexual de crianças em Seia

Lusa 01 de junho de 2020
As mais lidas

Os alegados abusos foram cometidos por um homem "sem qualquer relação familiar com a vítima": era seu vizinho.

A Polícia Judiciária (PJ) deteve um homem de 50 anos suspeito da alegada prática de um crime de abuso sexual de crianças agravado sobre uma menor que atualmente tem 13 anos, em Seia, foi hoje anunciado.

Polícia Judiciária
Polícia Judiciária

O Departamento de Investigação Criminal da PJ da Guarda refere em comunicado que o homem foi detido com a colaboração da GNR de Seia, no distrito da Guarda.

O suspeito está "fortemente indiciado pela prática de um crime de abuso sexual de crianças agravado, ocorrido de forma reiterada, pelo menos já desde o verão passado, em Seia, sobre uma menor atualmente com apenas 13 anos de idade", segundo a nota.

A fonte adianta que os alegados abusos foram cometidos por um homem "sem qualquer relação familiar com a vítima, num contexto de certa proximidade social, decorrente de natural relação de vizinhança".

O detido, que possui antecedentes pela prática de crimes da mesma natureza, vai ser presente às competentes autoridades judiciárias para primeiro interrogatório e eventual sujeição a adequadas medidas de coação.

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Opinião Ver mais