Ministério do Ambiente não afasta secretário de Estado que nomeou primo

Diogo Camilo 03 de abril de 2019

Para o ministério liderado por João Pedro Matos Fernandes, o afastamento do primo do governante foi considerado suficiente para considerar a situação como "resolvida".

O Ministério do Ambiente, liderado por João Pedro Matos Fernandes, não irá afastar Carlos Martins do cargo de secretário de Estado na sequência da nomeação do seu primo, Armindo dos Santos Alves, como adjunto do gabinete, em setembro de 2016, renomeando-o em novembro de 2018. De acordo com o Observador, o afastamento do primo do governante foi considerado suficiente para considerar a "situação resolvida".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais