Marcelo Rebelo de Sousa recorda Roberto Leal "com amizade"

Lusa 15 de setembro de 2019
As mais lidas

Presidente da República sublinhou o papel do cantor luso-brasileiro "junto das comunidades portuguesas".

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, recordou hoje "com amizade" o cantor português Roberto Leal, que morreu aos 67 anos, no Brasil, e sublinhou "o seu papel junto das comunidades portuguesas".

"O Presidente da República recorda Roberto Leal com amizade, lembrando o seu papel junto das comunidades portuguesas, nomeadamente no Brasil, com ligação às suas raízes, durante várias décadas", lê-se numa nota da Presidência da República, enviada à Lusa, em que Marcelo também expressa as suas condolências à família.

O cantor morreu na madrugada de hoje, em São Paulo.

Roberto Leal - nome artístico de António Joaquim Fernandes - emigrou para o Brasil aos 11 anos, em 1962, com os pais e nove irmãos.

Em São Paulo, após trabalhar como sapateiro e vendedor de doces, iniciou a carreira de cantor.
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana.
Boas leituras!
Artigos Relacionados
Opinião Ver mais