INEM activa Sala de Situação Nacional devido ao furacão Leslie

Lusa 13 de outubro de 2018
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 21 a 27 de janeiro
As mais lidas

O Instituto Nacional de Emergência Médica "elevou também a capacidade de monitorização e acompanhamento das ocorrências" que se possam registar no país.

O INEM vai activar às 16h00 deste sábado a Sala de Situação Nacional para acompanhar e articular com as restantes entidades de protecção civil os efeitos da passagem do furação Leslie por Portugal.

Chuva, forte, xxx, nuvens
Chuva, forte, xxx, nuvens
"O INEM vai activar a sua sala de situação nacional a partir das 16h00 decorrente do briefing que teve lugar esta manhã no centro de coordenação nacional operacional da Autoridade Nacional de Protecção Civil (ANPC), onde foi emitido um conjunto de informações e a elevação para laranja do estado de alerta especial para os agentes de protecção de civil", disse à agência Lusa Bruno Borges, coordenador da UPEC (unidade do INEM que gere os eventos mais complexos).

O mesmo responsável adiantou que, em função do alerta laranja, o Instituto Nacional de Emergência Médica "elevou também a capacidade de monitorização e acompanhamento das ocorrências" que se possam registar no país.

"O INEM está a activar as medidas de contingência, o que passa por acompanhar a situação a nível nacional com a activação da sala, tal como fazemos com os incêndios", afirmou.

Bruno Borges explicou que a Sala de Situação Nacional do INEM tem por base fazer a articulação estratégica com as outras entidades, nomeadamente com o comando nacional de operações de socorro da Protecção Civil, PSP e GNR.

O coordenador desta unidade sublinhou que o INEM está "em permanente articulação" com a Autoridade Nacional de Protecção Civil.

"Basicamente vamos tentar antecipar os possíveis cenários que podem advir deste quadro meteorológico adverso", disse, frisando que vai ser feita também uma articulação no âmbito da saúde, designadamente com os hospitais, Centros de Orientação de Doentes Urgentes e administrações regionais de saúde "para o caso de existir um problema maior".

O IPMA colocou 13 distritos sob aviso vermelho por previsão de vento forte, e alguns também por agitação marítima, consequência da passagem por território continental do furacão Leslie.

Setúbal, Lisboa, Leiria, Coimbra, Aveiro, Porto, Braga, Viana do Castelo, Vila Real, Castelo Branco, Viseu e Guarda e Santarém são os distritos sob aviso vermelho, segundo as informações disponíveis na página na Internet do IPMA.

O furacão Leslie vai atingir o território continental já como depressão pós-tropical, mas com ventos com "intensidades equivalentes a uma tempestade tropical", com rajadas acima dos 130 Km/hora, mas que podem atingir máximos históricos de 180/190 km/hora, segundo disse à Lusa o meteorologista do IPMA, Nuno Moreira.

Segundo a Protecção Civil, o período crítico vai acontecer entre as 23h00 de sábado e as 04h00 de domingo.
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana.
Boas leituras!
Artigos Relacionados
Opinião Ver mais