Governo e DGS apelam à confiança no SNS e que não se adie a vacinação

C.A.C. 14 de abril de 2020

Secretário de Estado da Saúde, António Sales, garantiu que o Serviço Nacional de Saúde continua a dar resposta a todos os casos que ultrapassam os casos de infeção por novo coronavírus.

O secretário de estado da Saúde, António Sales, garantiu, esta terça-feira, que o SNS continua a dar resposta a todos os casos que ultrapassam os casos de covid-19, reforçando a necessidade dos portugueses confiarem no Sistema Nacional de Saúde. As declarações foram feitas depois da divulgação do relatório da situação epidemiológica da pandemia provocada pelo novo coronavírus.

"Os doentes crónicos que sintam descompensação no estado clínico devem recorrer ao médico assistente ou à linha SNS 24 que prestará o devido aconselhamento. Em caso de necessidade de ida à urgência, de acordo com a norma 19, todos terão uma máscara", recordou.

Também a diretora geral da Saúde, Graça Freitas, apelou à necessidade de se respeitar o programa nacional de vacinação, que permite "eliminar doenças graves no país e permite controlar outras doenças", relembrando os grupos que não podem falhar a mesma: crianças, grávidas e doentes crónicos. "É absolutamente essencial, para evitar casos de doença ou surtos — a última coisa que queremos ter é outro surto de doença infecciosa — vacinação nas idades mais importantes", disse. "Não adie, de forma alguma, a vacinação", rematou.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação