Deputado do Bloco de Esquerda acusado de violência doméstica

Deputado do Bloco de Esquerda acusado de violência doméstica
Diogo Barreto 04 de maio

Luís Monteiro é acusado de agressão por uma mulher com quem teve uma relação. O deputado diz ter sido ele a vítima de violência doméstica.

Os rumores começaram a espalhar-se pelo Twitter no 25 de Abril, com vários alegados militantes do Bloco de Esquerda a anunciarem a sua desfiliação do partido na sequência de um caso de violência doméstica que a cúpula do partido teria tentado esconder. Esta terça-feira, Catarina Alves denunciou que foi vítima de violência doméstica por parte do deputado Luís Monteiro, o candidato do partido à liderança da Câmara Municipal de Gaia. O deputado rejeita todas as acusações que lhe são imputadas e afirma mesmo ter sido ele a vítima de violência doméstica na relação que ambos mantiveram.

A denúncia foi feita no Twitter. A jovem escreveu: "Andei a proteger o meu agressor para não perder amigos". Depois revelou que o agressor a quem se referia era o deputado bloquista Luís Monteiro.

Em resposta às interações que foi tendo na rede social, na sequência da denúncia, informou que lamenta "não ter entrado na esquadra no dia" em que o agressor a deixou, alegadamente, "com o corpo marcado de cima abaixo, acabada de escapar duma quase morte".

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais