Covid-19: Quatro mortos e 2.275 acidentes de viação durante o estado de emergência

Lusa 04 de maio de 2020
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 29 de julho a 4 de agosto
As mais lidas

PSP regista menos 70% de acidentes e 90% de mortes entre 18 de março e 3 de maio.

A PSP registou, entre 18 de março e 3 de maio, 2.275 acidentes de viação, menos 5.412 do que em igual data de 2019, uma redução de 70%, e menos 90% de mortes, disse, esta sefunda-feira, a força policial.

acidente viação
acidente viação Direitos Reservados

Durante o período do estado de Emergência devido à pandemia de covid-19, ocorreram quatro mortes devido a acidente (menos 38 do que no ano passado), representando um decréscimo de 90%, 38 feridos graves (menos 58, um decréscimo de 60%) e 578 ligeiros (menos 1.775, uma diminuição de 75%).

A PSP registou ainda 354 detenções por condução sem habilitação legal, uma quebra de 20% em relação ao período homólogo (com 441 registos), o que, considera, "não deixa de ser notório porquanto a substancial quebra da circulação rodoviária permitira antever uma quebra mais acentuada".

Aquela polícia sublinha que, com a saída do estado de emergência e passagem à situação de calamidade, "será natural que, gradualmente, se registe maior intensidade de tráfego rodoviário" e, por isso, "apela a todos os cidadãos para que o comportamento cívico na estrada, como condutores ou peões, seja uma constante, permitindo que estas reduções da sinistralidade possam vir a manter-se".

Dados anteriores, referentes ao primeiro período do estado de emergência, entre 19 e 31 de março, mostram também "um decréscimo de todos os indicadores", com a a Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) a apresentar uma descida de 72,5% de acidentes e de 76,5% de vítimas mortais, face a igual período do anos anterior, em acidentes rodoviários registados não só pela PSP, mas também pela GNR nas estradas do país.

A Autoridade Nacional de Segurança Rodoviária (ANSR) divulgou por sua vez o relatório da sinistralidade e fiscalização rodoviária do primeiro trimestre do ano, indicando que durante este período se registaram 6.746 acidentes, de que resultaram 82 vítimas mortais, 407 feridos graves e 8.032 feridos ligeiros.

"A redução de sinistralidade, naturalmente reforçada com a declaração de estado de emergência , no dia 19 de março, o qual impôs fortes medidas de confinamento com consequente redução no tráfego, verificou-se também no período compreendido entre 01 de janeiro e 18 de março, onde se registaram menos 438 acidentes (- 6,4%), menos 22 mortos (-22%), menos 42 feridos graves (-9,8%) e menos 550 feridos leves (-6,7%) relativamente a idêntico período do ano anterior, reforçando a tendência decrescente verificada nos meses de janeiro e fevereiro de 2020", precisou a ANSR no final de abril.

Os dados da PSP relativos ao último período do estado de emergência, que terminou no sábado, foram divulgados na véspera do Dia Mundial do Trânsito e Cortesia ao Volante, data que a polícia aproveita para sensibilizar todos os condutores para a necessidade de uma condução atenta e segura, de forma a prevenir acidentes, proteger a sua vida e a de outros condutores, passageiros e peões.

Para este ano, a Polícia de Segurança Pública escolheu como temática a necessidade de os condutores darem sempre prioridade de circulação aos veículos de emergência em missão de socorro, bem como aos transportes públicos.

"Os veículos de socorro (da PSP e demais forças e serviços de segurança, serviços de emergência e saúde e de bombeiros) deslocam-se principalmente na defesa de vidas humanas, em que todos os segundos são imprescindíveis para prestar socorro a tempo de salvar vidas. Os condutores e peões, ainda que tenham prioridade, deverão permitir a passagem dos veículos de socorro, retomando de seguida a sua marcha normal. A eficácia do socorro depende, muitas vezes, deste pequeno gesto de segurança e cortesia", alerta a PSP, em comunicado.

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais