Cinco empresas com militantes comunistas ganharam 2ME em contratos com câmaras do PCP

Carolina R. Rodrigues 31 de janeiro de 2019

A maioria dos contratos é por ajuste direto e mostram uma rede preferencial que liga o Partido Comunista Português e municípios controlados pelo partido a empresas dirigidas por militantes.

Cinco empresas dirigidas por militantes do Partido Comunista Português (PCP) ganharam desde 2009 dois milhões de euros em adjudicações feitas por 23 autarquias e seis entidades públicas lideradas pela CDU, ligando o PCP e municípios controlados pelo partido português a estas empresas, avança o Observador.

A maioria dos contratos é por ajuste direto e diz respeito a vários serviços, desde mediação de seguros a assessoria de comunicação.

Além do caso noticiado pela TVI na semana passada que dava a conhecer que a Câmara de Loures, com direção de Bernardino Soares do PCP, tinha adjudicado contratos no valor de 150 mil euros ao genro de Jerónimo de Sousa, o político Jorge Bernardino, impõe-se outros cinco casos.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais