ANA critica postura das forças de segurança na fuga dos dois argelinos

Cátia Andrea Costa 13 de janeiro de 2017

Presidente da estrutura que gere os aeroportos nacionais considera que a polícia deve ter uma acção "mais musculada". Argelinos que fugiram já foram ouvidos em tribunal

A ANA - Aeroportos de Portugal rejeita qualquer responsabilidade na fuga dos cidadãos argelinos no aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa, e questiona a acção policial. A preocupação chegou ao Parlamento e o CDS vai chamar a ministra da Administração Interna para debater um problema de "segurança nacional". 

"Situações desta natureza têm que ocorrer de uma forma mais musculada, como vi hoje escrito num jornal, e não de uma forma tão discreta", defendeu o presidente da ANA, Ponce Leão, em declarações à RTP. Para o responsável da estrutura que gere os aeroportos nacionais misturar pessoas que vão nesta condição com passageiros de um autocarro de transporte normal não será "a forma mais adequada" de resolver fugas de possíveis emigrantes ilegais. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais