67 mil toneladas de amianto enterradas em três anos

C.A.C. 18 de abril de 2018

Quase a totalidade dos resíduos seguiram para aterros de resíduos não perigosos. Quercus preocupada com "a falta de controlo".

O mais recente relatório da Comissão Técnica Amianto, presidida pela Agência Portuguesa do Ambiente, revela que foram encaminhadas para aterro 66.799,5 toneladas de resíduos de construção e demolição com amianto num período de três anos. O mesmo documento revela que 98% destes resíduos, recolhidos entre 2014 e 2016, foram colocados em aterros não perigosos. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais