Três cidades e 20 milhões de pessoas em isolamento na China por coronavírus

Três cidades e 20 milhões de pessoas em isolamento na China por coronavírus
Leonor Riso 23 de janeiro de 2020

OMS considerou reclusão de 11 milhões de pessoas uma situação sem precedentes, antes de mais duas cidades terem sido adicionadas.

Cerca de 20 milhões de pessoas na China foram aconselhadas a tomar medidas de isolamento face à transmissão do coronavírus. Três cidades chinesas, Wuhan, Ezhou e Huanggang, foram fechadas aos transportes e os seus habitantes fecharam-se em casa, em quarentena.

Esta quinta-feira, as autoridades fecharam as linhas de transporte rumo a Wuhan e às cidades próximas de Huanggang e Ezhou. Os serviços de autocarro, metro e ferries foram suspensos, e as estações de comboio e o aeroporto encerrados a passageiros que saiam das cidades.

Pelo menos 633 pessoas foram infetadas com o coronavírus, cuja origem foi identificada em Wuhan. As autoridades chinesas relatam que esta quinta-feira, 95 pacientes encontravam-se em estado crítico. Em Wuhan, morreram 17 pessoas desde a deteção do vírus no fim de dezembro.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais