"São completamente falsas", diz juiz nomeado por Trump sobre acusações de abuso sexual

Carolina R. Rodrigues 17 de setembro de 2018

Brett Kavanaugh, candidato nomeado por Trump para o Supremo Tribunal, está a ser acusado por Christine Blasey Ford de um crime sexual.

Depois de ter sido acusado na semana passada por Christine Blasey Ford de a ter agredido sexualmente quando eram os dois adolescentes, Brett Kavanaugh reagiu e classificou as afirmações como "completamente falsas" e que a situação descrita pela mesma "nunca aconteceu".

"Esta é uma alegação completamente falsa", escreveu o juiz nomeado por Trump para o Supremo Tribunal norte-americano num comunicado emitido pela Casa Branca. "Eu nunca fiz nada que a acusadora descreve – a ela ou a qualquer outra pessoa", garantiu.

A acusação sobre Kavanaugh foi feita há cerca de uma semana através de uma carta enviada à senadora democrata Dianne Feinstein por uma vítima na altura anónima - Christine Blasey Ford não quis assumir-se até domingo, altura em que a investigadora e 51 anos aceitou revelar a sua identidade ao The Washington Post.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais