Ossos no Vaticano podem ser de menina desaparecida nos anos 80

A.R.M. 31 de outubro de 2018

Foram encontrados restos mortais no Vaticano que poderão pertencer à jovem desaparecida há 35 anos, num caso que envolveu os serviços secretos, máfia, o Vaticano e até a loja maçónica Logia P2.

Emanuela Orlandi desapareceu no dia 22 de Junho de 1981, num caso que envolveu os serviços secretos, máfia, o Vaticano e até a loja maçónica Logia P2. Esta quarta-feira, foram encontrados restos mortais no Vaticano que poderão pertencer à jovem desaparecida há 35 anos.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais