Osteoporose, a doença silenciosa que afeta 800 mil portugueses

Susana Lúcio 20 de outubro de 2019

Se tem 40 anos e acha que a osteoporose é uma doença dos idosos, está enganado. É a partir desta idade que o metabolismo dos ossos se altera e que se pode evitar o pior: fraturas nos ossos. Faça o teste e descubra se está em risco. 

Se perdeu três centímetros de altura pode ter sofrido fraturas nas vértebras, sem ter sentido dor. Prepare-se: tem osteoporose. A doença, que atinge a densidade dos ósseos e os torna quebradiços, afeta cerca de 800 mil portugueses. E todos os anos é responsável por 50 mil fraturas que reduzem a qualidade de vida. A 20 de outubro celebra-se o Dia Mundia da Osteoporose. 

É a partir dos 40 anos que os ossos começam a perder capacidade de regeneração e quando se deve tomar atenção à alimentação e ao exercício físico para fortalecê-los. A prof. Dra. Helena Canhão, especialista em Reumatologia na Nova Medical School da Universidade Nova de Lisboa, explicou à SÁBADO como combater a osteoporose. 

O que provoca a osteoporose?
A osteoporose é uma doença óssea metabólica progressiva que diminui a densidade óssea (massa óssea por unidade de volume), com deterioração da estrutura óssea. À medida que a idade avança, o processo contínuo e obrigatório de remodelação óssea (indispensável e desejável num osso normal) realiza-se de uma forma desequilibrada: isto é, o osso reabsorvido é superior ao osso formado. Isto conduz a uma estrutura óssea composta por trabéculas [estrutura linear do osso esponjoso]muito finas, que se tornam mais frágeis e descontínuas. 

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais