"Pela liberdade": Túmulo de Franco profanado

'Pela liberdade': Túmulo de Franco profanado
Mariana Branco 31 de outubro de 2018

Um artista espanhol utilizou uma esponja embebida em tinta vermelha e manchou o túmulo do ditador, no Vale dos Caídos.

Um artista espanhol profanou esta quarta-feira o túmulo do ditador Francisco Franco, no Vale dos Caídos. Ajoelhado sobre os restos mortais, depositados em 1975, Enrique Tenreiro utilizou uma esponja embebida em tinta vermelha e manchou o túmulo.

Na sepultura, Tenreiro escreveu "pela liberdade" quando se preparava a missa das 11h00. "Pela liberdade, pela reconciliação de todos os espanhóis. Para que não haja um lado vencido", disse o artista, citado pelo El Español, após ter sido agarrado pelos seguranças que trabalham naquele espaço. Por não terem autorização para deter uma pessoa, os seguranças do Vale dos Caídos chamaram a Guardia Civil ao local.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais