"O Patrão": o filho do ditador que é um playboy do Instagram

'O Patrão': o filho do ditador que é um playboy do Instagram
Diogo Camilo 14 de setembro de 2018

Teodoro Nguema Obiang Mangue é vice-presidente da Guiné Equatorial e utiliza as redes sociais para mostrar o seu estilo de vida extravagante, apesar de 75% dos habitantes do seu país viverem em extrema pobreza.

Carros de luxo, viagens por todo o mundo, artistas a darem concertos na sua casa e muitas mulheres: esta é a vida extravagante do playboy Teodoro Obiang Nguema Mangue, o filho do ditador da Guiné Equatorial, vista através da sua página de Instagram. Teddy, como é conhecido, é o próximo na linha de poder do país mais rico de África e membro da Comunidade de Países de Língua Portuguesa (CPLP) – mas conhecido por ter 75% dos seus habitantes a viver em condições de pobreza extrema.

No entanto, nem tudo é um mar de rosas e a riqueza proveniente do petróleo abundante no país também levanta suspeitas: o vice-presidente guineense foi acusado pela justiça francesa, em 2016, de gastar mais de 110 milhões de euros de empresas e do Estado guineense.

A denúncia terá partido de várias organizações que observavam o seu estilo de vida de ostentação. Após investigações, um tribunal francês descobriu que, em 2005, Teddy tinha adquirido um palacete em Paris pela módica quantia de 25 milhões de euros. Um edifício com cinco andares que foi, posteriormente, remodelado inteiramente por mais 12 milhões.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais