Johnson quer dois testes à covid-19 semanais para toda a população inglesa

Johnson quer dois testes à covid-19 semanais para toda a população inglesa
Leonor Riso 05 de abril
As mais lidas

Primeiro-ministro britânico aposta em testagem em massa no dia em que deverá anunciar planos de desconfinamento.


O primeiro-ministro britânico Boris Johnson anunciou esta segunda-feira que toda a gente em Inglaterra poderá fazer dois testes à covid-19 por semana. 

Hollie Adams/Pool via REUTERS/File Photo
Espera-se que Johnson confirme os planos para relançar as viagens ao estrangeiro e para reabrir a economia esta segunda-feira. O programa de testagem em massa deverá quebrar as cadeias de transmissão e identificar os casos de infeção assintomáticos. 

"Enquanto continuamos a fazer bons progressos no nosso programa de vacinação e com o nosso plano para limitar as restrições nos próximos meses, a testagem rápida regular é ainda mais importante para termos a certeza que esses esforços não são em vão", indicou Johnson num comunicado. 

Edward Argar, o vice-ministro da Saúde britânico, afirmou que os testes seriam enviados para casas ou empresas, ou levantados em farmácias ou centros de testagem. Disse estar confiante de que as pessoas se iriam isolar. "Estão a fazer as coisas certas", frisou. 

O aumento dos testes vão ajudar os profissionais de saúde a acompanhar a pandemia enquanto o Reino Unido reabre, após quatro meses de confinamento. 

Johnson deverá confirmar que todo o retalho, hotelaria e cabeleireiros podem reabrir a partir de 12 de abril em Inglaterra, ao passo que um sistema de semáforo para os outros países, baseado nas taxas de infeção e níveis de vacinação, será usado para as viagens internacionais. Também estão a ser testados passaportes de vacinação para eventos em massa. 

De acordo com o plano ainda em vigor, as viagens internacionais não deverão ser retomadas antes de 17 de maio. 

A Escócia, País de Gales e Irlanda do Norte estão a seguir planos próprios de desconfinamento. 

Mais de metade da população adulta no Reino Unido está vacinada com as vacinas da AstraZeneca e Pfizer. A reabertura das escolas em março não levou a um pico de casos, mesmo que tenham sido feitos mais testes.
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais