Isabel dos Santos e o marido gastaram 50 milhões num apartamento no Mónaco

Cátia Andrea Costa 21 de janeiro de 2020

A empresária angolana tem uma fortuna avaliada em mais de dois mil milhões de euros, que inclui várias casas, um iate e o diamante mais caro do mundo. O negócio do Mónaco começou com uma offshore em Malta.

Mais de dois mil milhões de euros. É este o valor em que está avaliada a fortuna de Isabel dos Santos, cujo valioso património vai mais além das 400 empresas (e respetivas subsidiárias) com as quais esteve relacionada nas últimas três décadas. Casas em alguns dos locais mais exclusivos do mundo, um iate, coleções de arte e o diamante mais caro do mundo fazem parte do espólio da empresária angolana e do marido, Sindika Dokolo.

As informações foram reveladas pelo Consórcio Internacional de Jornalismo de Investigação (ICIJ), que integra vários órgãos de comunicação social, entre os quais o Expresso e a SIC, que realizou uma investigação de vários meses com base em mais de 715 mil ficheiros: o Luanda Leaks.

Segundo a informação revelada pelo ICIJ, na renovação do seu apartamento de luxo em Lisboa, Isabel dos Santos gastou 2,5 milhões de dólares (2,2 milhões de euros ao câmbio atual), que passaram por cinquenta mil (45 mil euros) em cortinados, 9.200 (aproximadamente 8,3 mil euros) em sofás e cerca de 7.500 dólares (6,7 mil euros) em material de ginásio proveniente do Harrods. Mais tarde, comprou um segundo apartamento no mesmo andar – por 2,3 milhões de dólares-, mas os registos não indicam se foram transformados numa só penthouse. Em Portugal, existe ainda uma villa na Quinta do Lago.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais