GNR detectou embarcação com 39 migrantes na ilha grega de Lesbos

Lusa 13 de agosto de 2018
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 25 de fevereiro a 3 de março
As mais lidas

16 dos migrantes na embarcação eram crianças.

A Unidade de Controlo Costeiro da GNR detectou na ilha grega de Lesbos, no mar Egeu, uma embarcação com 39 migrantes afegãos, dos quais 16 crianças, no âmbito da missão da agência europeia Frontex, indicou esta segunda-feira a corporação.

Em comunicado, a Guarda Nacional Republicana adianta que a equipa de vigilância marítima da Unidade de Controlo Costeiro (UCC) detectou no domingo um desembarque na costa de 39 migrantes, dos quais 16 crianças e 14 mulheres.

Durante uma acção de patrulhamento os militares retiraram os migrantes da praia e encaminharam-nos para um local seco e seguro.

No grupo havia uma mulher grávida e outra com um bebé de quatro meses, que foram auxiliadas pelos militares e colocadas no interior da viatura da GNR, para se manterem quentes enquanto aguardavam a chegada de mais meios ao local.

A operação da Frontex pretende prevenir, detectar e reprimir ilícitos relacionados com a imigração ilegal, tráfico de seres humanos e outros crimes transfronteiriços, contribuindo para a salvaguarda de vidas humanas no mar através de missões de busca e salvamento.


Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Opinião Ver mais