Investigação

O ataque à liberdade de imprensa

Uma equipa da PSP montou vigilância à porta da residência do jornalista Carlos Rodrigues Lima às 7h30. Também o fez à porta da redação da SÁBADO e fotografou o procurador do caso BES. Veja todas as imagens recolhidas pela polícia

Entre abril e julho de 2018, elementos das operações especiais encobertas da PSP vigiaram, seguiram, fotografaram e tentaram identificar todos os contactos pessoais, ocasionais e profissionais do jornalista e subdiretor da revista SÁBADO Carlos Rodrigues Lima. A operação sigilosa de elementos policiais à paisana consta de, pelo menos, seis polémicos relatórios confidenciais que foram entregues a uma magistrada do Ministério Público (MP) e aos quais a SÁBADO teve acesso.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
A Newsletter As Mais Lidas no seu e-mail
Às Sextas-Feiras não perca as notícias mais lidas da semana