"Rei dos Frangos": quem é o milionário acionista do Benfica que ajuda Luís Filipe Vieira

'Rei dos Frangos': quem é o milionário acionista do Benfica que ajuda Luís Filipe Vieira
Bruno Faria Lopes 21 de maio

José António dos Santos aprendeu a ler por causa do Benfica, que agora o põe na ribalta. Com pouco mais do que a 4.ª classe construiu um império agrícola de milhões com o irmão gémeo António José.

Quando tinha 5 anos José António dos Santos pediu à irmã Júlia, sete anos mais velha, que o ensinasse a ler. Na distribuição da mala do correio nos anos 1940 na Marteleira, uma vila na região Oeste do distrito de Lisboa, lia-se a correspondência em voz alta e a criança tinha pressa em chegar ao que lhe interessava mais: os jornais desportivos.

Naquelas páginas havia um interesse particular num clube. "Foi por causa do Benfica que eu pedi à minha irmã para me ensinar, a mim e a outros rapazes", conta à SÁBADO. Júlia dos Santos ensinou-o ainda antes de entrar para a escola. Em 1955, quando tinha 14 anos e começou a trabalhar, tornou-se sócio do Benfica. Estava então longe de saber que seria um dia dono de uma das maiores fortunas do País – e que se tornaria o maior acionista individual do clube (tem, com a família, 16,33% do capital).

José António dos Santos, 79 anos, é dono de um dos maiores grupos de agricultura da Europa, mas estava relativamente afastado dos holofotes mediáticos. Isso mudou com a ligação ao Benfica e, em particular, ao presidente Luís Filipe Vieira. "Uma pessoa investe 15, 20, 30 milhões nos seus negócios e ninguém diz nada, depois faz um investimento pequeno e é-se mais falado do que sei lá o quê", comenta bem-humorado.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui
Investigação
Opinião Ver mais