O assalto ao arranha-céus

O assalto ao arranha-céus
Bruno Faria Lopes 26 de maio de 2019

Como a guerra no maior banco privado em Portugal fabricou alguns dos maiores devedores, incluindo Joe Berardo, e colocou um banco ligado ao Opus Dei na esfera do PS.

"O desfile teve o seu ponto alto com Joe Berardo. Ainda só se distinguia ao longe o vulto de negro e já os jornalistas passavam a palavra: ‘Vem aí o Berardo.’ O comendador pode, no essencial, repetir o que já disse várias vezes, mas é um valor seguro: dá sempre ‘sound bite’ e as rádios e as televisões não vivem sem eles."

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais