CMVM reconhece associação de lesados do BES

Lusa 04 de abril de 2016
As mais lidas

Com o estatuto de associação de defesa dos investidores, os lesados do BES passam a ter o direito de intervir em mediação de conflitos e de designar um representante para o conselho consultivo da CMVM

A Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM) deu o estatuto de associação de defesa dos investidores à Associação dos Indignados e Enganados do Papel Comercial do Grupo Espírito Santo, divulgou o regulador de mercados financeiros, esta segunda-feira.

Mariline Alves
"O Conselho de Administração da CMVM deliberou conceder o registo da associação de defesa dos investidores Os Indignados e Enganados do Papel Comercial - Associação de Defesa dos Clientes Bancários Lesados, Investidores em Papel Comercial", lê-se na informação publicada no portal na Internet da CMVM.

Com a atribuição deste estatuto, a Associação dos Indignados e Enganados do Papel Comercial passa a ter o direito de intervir em mediação de conflitos e de designar um representante para o conselho consultivo da CMVM.

Segundo o Código de Valores Mobiliários, é atribuído o estatuto de associação de defesa de interesse dos investidores a associações sem fins lucrativos, que tenham pelo menos 100 pessoas que não sejam investidores qualificados e com actividade efectiva há mais de um ano.

A Associação de Indignados e Enganados do Papel Comercial foi criada a propósito da queda do Banco Espírito Santo (BES) e do Grupo Espírito Santo (GES), no verão de 2014, por clientes que investiram em papel comercial das empresas do Espírito Santo International e Rioforte e que foram à falência. Estes títulos foram vendidos aos balcões do BES.

Em causa, no total, estão 2.084 subscritores de papel comercial que reclamam 432 milhões de euros.

A semana passada, Governo, Banco de Portugal, Comissão do Mercado de Valores Mobiliários e "banco mau", BES, assinaram um memorando com a Associação dos Indignados e Enganados do Papel Comercial para encontrar uma solução até início de maio que permita "minorar as perdas" dos clientes.
Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais