O legado de Jorge Jesus nas Arábias

O legado de Jorge Jesus nas Arábias
Diogo Camilo 30 de janeiro de 2019

O técnico português está de saída do Al Hilal da Arábia Saudita após ter recusado um projeto a longo prazo com o clube. Pelo meio somou vitórias, entrevistas, momentos em conferências de imprensa e rumores de regressos a Portugal.

Jorge Jesus foi esta quarta-feira afastado do cargo de treinador do Al Hilal após reunião com dirigentes do clube saudita. Foram sete meses de conquistas nas Arábias, entrevistas para Portugal e momentos caricatos em conferências de imprensa. Para trás, o técnico português deixa o Al Hilal ainda em todas as competições e foge a Rui Vitória – o seu sucessor quando trocou o Benfica pelo Sporting  e que chegou este mês à Arábia Saudita para treinar o rival Al Nassr.

A saída do Sporting e ida para o Médio Oriente foi anunciada a 5 de junho, menos de um mês antes do ataque à academia de Alcochete e apenas duas semanas antes de ter perdido o 2º lugar na liga e ter perdido a Taça de Portugal para o Desportivo das Aves. Junto aos dirigentes do Al Hilal, Jorge Jesus surge sorridente face ao novo desafio – o primeiro da sua carreira fora do país.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais