Gabigol, jogador do Flamengo, apanhado num casino clandestino em plena pandemia

14 de março
As mais lidas

Flamengo avançou que o seu mais famoso atleta não seria punido por causa do incidente em São Paulo.

O avançado do Flamengo e da seleção brasileira Gabigol foi detido na madrugada deste domingo pela Polícia Civil (Judiciária) de São Paulo ao ser flagrado com outras 300 pessoas num casino ilegal invadido pelos agentes no elegante bairro Vila Olímpia, na zona sul daquela cidade brasileira. De acordo com o inspector Eduardo Brotero, que comandou a operação, Gabigol foi arrogante com os agentes e comportou-se o tempo inteiro com ares de suposta superioridade, que no entanto não evitou ser conduzido à esquadra num carro da polícia.

Gabigol, jogador do Flamengo, apanhado com mais de 200 pessoas num casino clandestino em São Paulo em plena pandemia
Gabigol, jogador do Flamengo, apanhado com mais de 200 pessoas num casino clandestino em São Paulo em plena pandemia
O jogo no Brasil é proibido e, além do mais, São Paulo está sob recolher domiciliário obrigatório das 20 horas de um dia às 5 da manhã do dia seguinte por causa do combate à explosão de casos e de mortes provocados pela Covid-19, pelo que o futebolista e os outros cerca de 300 detidos infringiram vários dispositivos legais. Exatamente para não repetir o ajuntamento na esquadra, todos foram ouvidos a pouco e pouco e libertados depois de terem assinado um termo garantindo ficar à disposição das autoridades e comparecer quando forem chamados a depor.

De acordo com informações da própria polícia, Gabigol tentou inicialmente esconder-se, cobrindo a cabeça com um pano e escondendo-se atrás de um grupo de jovens. Ao ter de sair, usou uma máscara de proteção contra o coronavírus para tentar não ser reconhecido, mas sem sucesso.

Ao ser identificado, o futebolista, campeão brasileiro de futebol pelo Flamengo nos dois últimos anos, foi bastante rude com os agentes. Segundo o delegado Brotero, chefe do Garra, um dos grupos de elite da polícia paulista, o futebolista acusou a polícia de causar tumulto, invadindo e acabando com um momento de distração e lazer dos presentes. No trajeto entre o casino e o carro da polícia no qual foi levado para a esquadra, Gabigol ainda ofendeu os jornalistas que tentaram falar com ele.

Este domingo, o Flamengo avançou que o seu mais famoso atleta não seria punido por causa do incidente em São Paulo. Segundo a direção do clube do Rio de Janeiro, tratou-se de um episódio da vida pessoal do jogador, que está de férias, e o Flamengo não tem de se imiscuir nisso.


Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais