"Sandes de Terra": dois homens separados por 12.724 km unem o mundo com pão

C.A.C. 21 de janeiro de 2020

Uma pessoa na Austrália e outra em Espanha conseguiram colocar duas fatias de pão em pontos verdadeiramente opostos do planeta. Mas a experiência não foi fácil de concretizar.

O planeta Terra foi transformado no recheio de uma sandes, depois de Etienne Naude ter arranjado um cúmplice para levar em frente o seu projeto de ter as duas fatias de pão em pontos verdadeiramente opostos do planeta. Este jovem universitário de Auckland, na Nova Zelândia, contou com a ajuda do espanhol Angel Sierra e, assim, copiaram o feito do artista norte-americano Ze Frank, em 2006.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Investigação
Opinião Ver mais