No dia de aniversário, Duffy foi drogada, raptada e violada

No dia de aniversário, Duffy foi drogada, raptada e violada
Alexandre R. Malhado 07 de abril de 2020

A cantora de Mercy relata como foi "drogada durante quatro semanas" e abusada pelo violador. "A violação privou-me dos meus direitos humanos."

Foram dias que a cantora Duffy não sabe como teve "força para suportar". A cantora de Mercy afastou-se da vida pública durante 10 anos depois de, no dia de anos, ser drogada num restaurante, raptada e violada: "Fui drogada durante quatro semanas e viajei para um país estrangeiro. Não consigo lembrar-me de entrar no avião (…). Fui deixada no quarto de hotel" à mercê do violador, explicou a cantora, num site que lançou.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Opinião Ver mais