Aulas recomeçam a 10 de janeiro depois das férias do Natal

Lusa 25 de novembro
As mais lidas

O primeiro-ministro adiantou que estes cinco dias vão ser recompensados "com a redução de dois dias da interrupção do Carnaval e de três dias da interrupção na Páscoa".

As aulas vão recomeçar a 10 de janeiro depois das férias do Natal para conter o aumento do número de casos de covid-19, anunciou hoje o primeiro-ministro.

"Introduzimos uma ligeira alteração no calendário escolar, adiando a reabertura do início do segundo período para o dia 10 de janeiro", disse António Costa na conferência de imprensa do final da reunião do Conselho de Ministros no qual foram decididas novas medidas para combater a pandemia.

O primeiro-ministro adiantou que estes cinco dias vão ser recompensados "com a redução de dois dias da interrupção do Carnaval e de três dias da interrupção na Páscoa".

O chefe do Governo explicou ainda que esta "semana de contenção [de 02 a 09 de janeiro] visa assegurar que depois de um período de intenso contacto e convívio familiar se evite o cruzamento de pessoas de diferentes agregados familiares".

António Costa esclareceu que as creches e o ensino particular também vão estar encerrados na primeira semana de janeiro.

Segundo o primeiro-ministro, estas medidas aplicam-se "a todos os graus de ensino" e "às atividades dos ATL [Atividades de Tempos Livres] e outras atividades congéneres".

Questionado sobre os apoios que possam ser dados aos pais durante a interrupção das aulas, o chefe do Governo disse ser "algo que está a ser avaliado pelo Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social".

No caso das universidades, António Costa afirmou que "têm um calendário próprio".

A covid-19 já matou em Portugal, desde março de 2020, 18.385 pessoas e foram contabilizados 1.133.241 casos de infeção, segundo dados da Direção-Geral da Saúde.