Príncipe William: “A minha mãe conduzia e cantava o mais alto que podia”

Sofia Oliveira com Vanda Marques 08 de dezembro de 2021

Confissões pessoais sobre a sua saúde mental e ainda os hábitos e rotinas da família real. William revela histórias íntimas em novo podcast

O que pode uma mãe fazer para aliviar a ansiedade do filho a caminho de um colégio interno? A resposta parece ser música. No caso em questão Tina Turner e o hit The Best. A mãe era a Princesa Diana e o filho William. Lá seguiam os dois a cantar no carro para a caminho do colégio. Viagem essa que fazia na companhia do irmão, o príncipe Harry. Os dois frequentaram a Ludgrove School e o Eton College entre os 8 anos e os 18 anos. A confissão foi feita no Podcast Time to Walk da Apple Fitness. William, sempre discreto, aproveitou para abrir o coração e partilhar algumas confidências.

Recordou ainda que "a minha mãe conduzia e cantava o mais alto que podia. Íamos a cantar e a ouvir música até os portões da escola." Também a banda AC/DC está entre as preferidas do príncipe William. Revela que ouve a música Thunderstruck durante as manhãs de segunda-feira para se sentir mais desperto e começar a semana no melhor estado de espírito possível, mencionou.

O segundo na linda de sucessão revelou alguns detalhes sobre períodos difíceis que passou, em que a sua saúde mental ficou fragilizada. Já participou em várias campanhas sobre a importância deste tema, com o qual se relaciona diretamente.

Para continuar a ler
Já tem conta? Faça login
Para activar o código da revista, clique aqui