Vítimas de Pedrógão Grande ponderam acção colectiva contra o Estado

Lusa 09 de setembro de 2017
Sábado
Leia a revista
Em versão ePaper
Ler agora
Edição de 22 a 28 de julho
As mais lidas

A Associação de Vítimas do Incêndio de Pedrógão Grande (AVIPG) pretende constituir-se como assistente no inquérito que investiga as causas e os culpados do fogo

A Associação de Vítimas do Incêndio de Pedrógão Grande (AVIPG) pondera uma acção colectiva contra o Estado e pretende constituir-se como assistente no inquérito que investiga as causas e os culpados do fogo que começou naquele concelho em Junho.

Lusa

Em nota de imprensa enviada à agência Lusa e que anuncia a celebração da escritura da constituição da associação, a AVIPG diz que, "nas acções mais imediatas", "pretende constituir-se como assistente no inquérito que investiga as causas e culpados do grande incêndio que assolou os sete concelhos do Pinhal Interior, causando 64 mortos e mais de 200 feridos e que pondera uma acção colectiva contra o Estado. E não vai parar por aqui".

Na estratégia da Associação "estão acções que passam pela União Europeia e pelo Tribunal dos Direitos do Homem, por um anteprojeto de lei para vítimas em caso de catástrofes, acções sobre a resiliência das comunidades locais e um conjunto alargado de medidas de combate à inércia das instituições e formação das populações em matéria de incêndios florestais, entre outras acções".

Descubra as
Edições do Dia
Publicamos para si, em três periodos distintos do dia, o melhor da atualidade nacional e internacional. Os artigos das Edições do Dia estão ordenados cronologicamente aqui , para que não perca nada do melhor que a SÁBADO prepara para si. Pode também navegar nas edições anteriores, do dia ou da semana
Artigos Relacionados
Investigação
Opinião Ver mais